Suspeito de violência doméstica detido e em prisão preventiva em Montemor-o-Novo

Um homem de 61 anos foi detido pela GNR por suspeitas de violência doméstica contra a ex-companheira, em Montemor-o-Novo, e ficou em prisão preventiva depois de ser presente ao Tribunal de Évora.

Em comunicado, o Comando Territorial de Évora da GNR explicou que o homem foi detido na sexta-feira, em Montemor-o-Novo, por elementos do Posto Territorial da Guarda daquele concelho alentejano.

Os militares da GNR deram cumprimento a um mandado de detenção no âmbito de “uma investigação por violência doméstica desenvolvida pelo Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Évora”, a qual permitiu apurar que “o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a sua ex-companheira, uma mulher de 49 anos”.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Évora, no sábado, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Lisboa.