Reserva da Biosfera em destaque nas escolas de Castro Verde

Uma disciplina exclusiva do Agrupamento de Escolas de Castro Verde, criada no âmbito do projeto de autonomia e flexibilidade curricular dos ensinos básico e secundário, está a desvendar a Reserva da Biosfera de Castro Verde às crianças.

“A seca, ou seja, a escassez de água, que é um problema que atinge não só Castro Verde, mas todo o nosso Alentejo”, justifica o desafio lançado aos alunos, a maioria com oito anos.

A disciplina foi criada no ano letivo de 2017/2018, quando o agrupamento aderiu ao projeto que permite às escolas criarem disciplinas de currículo local.

Atualmente, a disciplina é ministrada às turmas dos 1.º, 2.º e 3.º anos das escolas do 1.º ciclo do ensino básico do agrupamento.

Para cada ano há um programa com conteúdos específicos e que abrangem três temáticas, nomeadamente paisagem e biodiversidade, costumes e tradições e sustentabilidade e empreendedorismo de Castro Verde.

Após a atividade na sala, os alunos saem para visitar a albufeira e a estação de tratamento de água da barragem do Monte da Rocha, que abastece o concelho de Castro Verde.

Guiados por uma técnica, observam o nível da albufeira, que está a menos de 10% da capacidade máxima, devido à seca, e percorrem o circuito do processo de tratamento da água para poder ser distribuída à população.

No final, é retirada de um reservatório e dada a provar em copos de cartão aos alunos água da albufeira já tratada e pronta a consumir e que acaba por servir para fazerem vários brindes, como um à Reserva da Biosfera de Castro Verde.