Recolhidas máscaras reutilizáveis fornecidas aos hospitais de Évora e Beja

As máscaras cirúrgicas reutilizáveis fornecidas aos profissionais dos hospitais de Évora e de Beja que combatem a pandemia da covid-19 vão ser recolhidas e devolvidas ao fornecedor, revelou o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP).

“Fomos surpreendidos ontem [segunda-feira] pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, que nos enviou um ofício a dizer que tinha dado ordens para a retirada daquele equipamento”, afirmou Edgar Santos, dirigente no Alentejo do SEP, em declarações à agência Lusa.

Na semana passada, o SEP tinha manifestado dúvidas sobre a adequação das máscaras cirúrgicas reutilizáveis, tendo enviado pedidos de informação urgente à ARS do Alentejo e aos conselhos de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora e da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, que gere o hospital de Beja.