PRR: Abertas candidaturas para reduzir perdas de água no setor urbano no Algarve

imagem meramente ilustrativa

A Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) anunciou esta quarta-feira a abertura das candidaturas para a redução das perdas de água no setor urbano, com uma dotação de 14 milhões de euros, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

O primeiro aviso para a submissão de candidaturas decorre até ao final do mês de setembro, tendo como principais beneficiários os municípios, empresas municipais e empresas concessionárias de exploração e gestão dos serviços públicos de distribuição de água, anunciou a AMAL em comunicado.

A associação que agrega os 16 municípios do Algarve vai receber para o período 2021/2025 um valor global de 35 milhões de euros para reabilitar e otimizar as redes de abastecimento de água no distrito de Faro, no âmbito de um contrato assinado na terça-feira com a Estrutura de Missão “Recuperar Portugal”.

De acordo com a AMAL, a verba disponibilizada através dos fundos PRR, permitirá renovar ou reabilitar as redes de abastecimento de água que tenham um elevado nível de perdas e cuja substituição permita ganhos de eficiência operacional.

A associação adianta que são elegíveis os projetos que assegurem “a monitorização e controlo ativo de perdas de troços da rede de abastecimento onde se estima que haja grandes desperdícios de água”.

“O apoio dado às candidaturas será a fundo perdido, ou seja, uma subvenção a 100%, não reembolsável, financiada através do fundo “Next Generation EU”, lê-se no documento.

Segundo os dados disponibilizados pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, em 2019 foram desperdiçados nas próprias redes de abastecimento cerca de 188 mil milhões de litros de água.