Produtos alimentares à base de bolota “reinam” em Montemor-o-Novo

 

Mais de 20 restaurantes e pastelarias do concelho de Montemor-o-Novo vão dar a conhecer pratos e doces confecionados com bolota, numa semana dedicada a este fruto, que abre este sábado.

 

A quarta Semana da Bolota, que vai decorrer até ao dia 17 deste mês, inclui, além da gastronomia, uma exposição, oficinas, sessões de ‘showcooking’ ou o “Encontro da Bolota” na Herdade do Freixo do Meio, entre outras iniciativas.

 

A iniciativa é organizada pela Câmara de Montemor-o-Novo, em parceria com outras entidades do concelho, e pretende promover o consumo da bolota e dar a conhecer as utilizações e produtos alimentares confecionados com este fruto.

 

“A gastronomia é uma das melhores formas de descobrir a cultura e o estilo de vida de uma região”, realçou o município, explicando que o evento gastronómico associado a esta semana temática vai ser “uma oportunidade privilegiada” para “encontrar a inovação à mesa”.

 

Na edição deste ano do evento participam 21 restaurantes e quatro pastelarias do concelho, que, ao longo da semana, “com arte, criatividade, engenho e emoção, se unem com o objetivo de proporcionar experiências únicas, com este produto de excelência, a bolota”, assinalou a autarquia.

 

A exposição permanente “Tela Coletiva A Bolota”, resultante do trabalho de várias instituições e patente nos Paços do Concelho, uma sessão de culinária de produtos confecionados com bolota, na segunda-feira, na Oficina Da Criança, ou uma ação de sensibilização sobre as doenças e pragas no montado, no salão nobre da câmara, na terça-feira, são outras das ações agendadas.

 

Do programa constam também três sessões de ‘showcooking’ intituladas “A bolota à sua mesa”, distribuídas por quinta e sexta-feira e dinamizadas pela ‘chef’ Susana Cigarro, que vão ter lugar nas escolas EB2,3 e Secundária de Montemor-o-Novo e no Mercado Municipal.

 

O ponto alto da semana temática está previsto para dia 17, com o “Encontro da Bolota” na Herdade do Freixo do Meio, em Foros de Vale Figueira, em que os participantes vão poder conhecer a diversidade dos produtos de bolota, realizar caminhadas, degustar um cozido biológico com bolota, fotografar o montado ou assistir a folclore alentejano, entre outras atividades, resumiu a câmara.

 

Na Herdade do Freixo do Meio, ao longo dos vários dias, realiza-se também uma oficina sobre o ciclo da bolota, com direito a visita e a prova de produtos produzidos na exploração (a atividade é paga).

 

Um passeio de BTT pelo montado, no dia 17, o Espaço “A Bolota e o Montado”, na Biblioteca Municipal Almeida Faria, e lanches com produtos à base de bolota, como broas, tarte ou bolos, para os utentes de diversas instituições do concelho, durante a semana, constam igualmente do programa.