Prisão preventiva para homem de Campo Maior por violência doméstica

O Tribunal de Elvas decretou a medida de coação de prisão preventiva a um homem de 38 anos por suspeita do crime de violência doméstica, no concelho vizinho de Campo Maior.

O Comando Territorial de Portalegre da GNR explica, em comunicado divulgado esta sexta-feira, que o homem foi detido na quarta-feira, na sequência de uma investigação por violência doméstica, tendo os militares apurado que o suspeito “agredia violentamente” a atual companheira, de 27 anos.

De acordo com a GNR, o homem era “já reincidente” neste tipo de crime, uma vez que nos dois relacionamentos anteriores “também agredia” as companheiras.

O suspeito foi presente ao Tribunal Judicial de Elvas na quinta-feira, tendo sido sujeito a prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa.