Prisão preventiva para dois homens detidos em Vidigueira por violência doméstica

Dois homens de 24 e 31 anos que foram detidos esta semana pela GNR, no concelho de Vidigueira, por suspeitas de violência doméstica, vão aguardar julgamento em prisão preventiva, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial de Beja da GNR indicou que a detenção mais recente foi feita, na quinta-feira, após a denúncia de que estavam a ocorrer agressões entre um casal que se encontrava na via pública.

Segundo a GNR, os militares deslocaram-se ao local e “presenciaram o suspeito a injuriar a sua companheira de 21 anos”, tendo sido apurado que “há cerca de dois anos” que a mulher “sofre violência física e psicológica por parte do suspeito”.

“A vítima foi transportada para uma unidade hospitalar”, por estar ferida, adiantou a GNR, referindo que o detido, um homem de 24 anos, já foi presente a tribunal e que lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Na segunda-feira, em Pedrógão do Alentejo, também no concelho de Vidigueira, a GNR deteve um homem de 31 anos por suspeita da autoria do mesmo crime, na sequência de um mandado de detenção, e apreendeu uma arma branca que se encontrava na sua posse.

De acordo com a GNR, a detenção foi efetuada após a apresentação de uma denúncia de que “o suspeito exercia violência física e psicológica há cerca de três anos sobre a sua companheira de 22 anos.

O homem de 31 anos foi detido e, após ser presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Cuba, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Os dois os suspeitos foram entregues no Estabelecimento Prisional de Beja.