PJ detém dois homens por suspeita de “crime de violação agravado” de mulher em Évora

Dois homens, ambos com 22 anos, foram detidos pela Polícia Judiciária (PJ) por estarem “fortemente indiciados” de “um crime de violação agravado” de uma jovem, de 23 anos, em Évora, anunciou força de investigação criminal.

Em comunicado, na sexta-feira à noite, a PJ revelou que os dois suspeitos foram identificados, localizados e detidos, fora de flagrante delito, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, em articulação com o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora.

O crime de violação agravado “foi consumado no passado mês de junho”, na cidade de Évora, segundo o comunicado policial.

“Os detidos, dois trabalhadores-estudantes residentes na cidade de Évora, convidaram a vítima, de 23 anos, para a habitação que ambos partilhavam, depois de a terem embriagado”, explicou a PJ.

Dessa forma, acrescentou, os suspeitos colocaram a mulher “na impossibilidade de resistir às [suas] intenções de natureza sexual” e “violaram-na em conjunto”.

Os homens ainda vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.