Piscinas de Évora recebem obras de requalificação após o verão

Foto: CM Évora

As piscinas municipais de Évora, um dos complexos mais antigos do país, com mais de 50 anos, vão entrar este ano em obras de requalificação, envolvendo um investimento de 300 mil euros, anunciou o município.

Segundo a autarquia, as obras surgem da “necessidade de adaptar o atual parque municipal de piscinas às mais recentes normas técnicas, funcionais e regulamentares em vigor e inerentes ao funcionamento deste tipo de equipamentos desportivos”.

A empreitada, que não vai interferir com o normal funcionamento do complexo, cuja abertura está agendada para o dia 01 de junho, inclui a renovação do sistema de tratamento de águas das piscinas municipais e a requalificação da chamada “Casa da Mata”.

A renovação do sistema de tratamento de águas vai avançar durante o mês de setembro, indicou a Câmara de Évora, adiantando que a requalificação do edifício localizado na mata do complexo, que funcionou como bar, inicia-se ainda durante a época balnear.

Com um orçamento total a rondar os 300 mil euros, as duas intervenções, que deverão estar concluídas no final do ano, visam dotar as piscinas municipais com “as mais recentes soluções no plano da sustentabilidade ambiental, conforto e segurança”.

De acordo com o município, a renovação do sistema de escoamento de águas vai permitir o “reaproveitamento de toda a água que sai dos tanques de natação”, que “passará por um tanque de compensação, a construir neste projeto, para, depois, “ser reencaminhada para a estação de tratamento e devolução aos mesmos tanques”.

Já a intervenção na “Casa da Mata” vai envolver a construção de um novo edifício, a partir do atualmente existente, para dar melhores “condições de conforto, segurança e salubridade” aos utentes e funcionários e permitir o acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

O complexo das piscinas municipais de Évora foi inaugurado a 05 de setembro de 1964.