Investimento de 1M€ para garantir abastecimento público de água em Ourique

Duas infraestruturas para garantir a sustentabilidade do abastecimento público de água a duas aldeias do concelho alentejano de Ourique vão ser inauguradas esta quinta-feira, após um investimento total de um milhão de euros.

Trata-se dos novos reservatório de água e estação elevatória de Aldeia de Palheiros e da conduta de ligação de Garvão ao reservatório de água de Santa Luzia, referiu a Câmara de Ourique, em comunicado enviado à agência Lusa.

Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara de Ourique, Marcelo Guerreiro, disse que as novas infraestruturas vêm permitir “estabilizar e garantir a sustentabilidade e uma maior qualidade no abastecimento público de água” a Aldeia de Palheiros e a Santa Luzia a partir de água da barragem do Monte da Rocha, situada no concelho.

A construção dos novos reservatório de água e estação elevatória de Aldeia de Palheiros custou 842.804 euros e a criação da ligação de Garvão ao reservatório de Santa Luzia 200.000 euros, num investimento total de 1.042.804 euros, a cargo da empresa Águas Públicas do Alentejo, indicou a autarquia.

Segundo o município, a obra em Aldeia de Palheiros incluiu a construção de um reservatório, uma estação elevatória e uma conduta com 8,3 quilómetros para “assegurar” o abastecimento público de água em alta à população a partir de água produzida na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Monte da Rocha.

Aldeia de Palheiros tinha “muitos problemas no fornecimento de água”, porque era abastecida por captações subterrâneas, lembrou o autarca, referindo que as novas infraestruturas vêm permitir que a localidade seja abastecida “na íntegra” com água da ETA do Monte da Rocha.

“É uma ambição com décadas. Há mais de 30 anos que se falava na construção de um reservatório em Aldeia de Palheiros”, frisou Marcelo Guerreiro.

De acordo com o município, a outra obra permitiu construir uma estação elevatória em Garvão, uma conduta para ligar o reservatório de Garvão ao de Santa Luzia e a reabilitação desta infraestrutura para “assegurar” o abastecimento público de água em alta à população de Santa Luzia a partir de água da ETA do Monte da Rocha.

“Santa Luzia era a localidade do concelho de Ourique que tinha os maiores problemas de abastecimento público de água, porque era toda abastecida a partir de captações subterrâneas, que não garantiam um fornecimento continuo”, disse o autarca, lembrando, a título de exemplo, que a aldeia foi abastecida de água por camiões cisterna entre maio e outubro do ano passado.

A nova ligação veio “resolver os problemas e estabilizar e garantir” o abastecimento público de água de Santa Luzia “na íntegra” a partir de água da ETA do Monte da Rocha, sublinhou o autarca.

O abastecimento em alta a Santa Luzia “valoriza as condições geradas por empreitadas anteriores, que já asseguram o abastecimento a Garvão a partir da ETA do Monte da Rocha”, e a conduta de ligação de Garvão a Santa Luzia servirá também para abastecer várias povoações do concelho vizinho de Odemira, explicou o município.