Estremoz investe 900 mil euros em obras no Rossio Marquês de Pombal

Foto: CME

A Câmara de Estremoz vai requalificar este ano a ala sul do Rossio Marquês de Pombal, num investimento que ascende a 900 mil euros, disse o presidente do município, Francisco Ramos.

A obra, que pretende “contribuir para a renovação da imagem urbana de um dos ex-líbris” de Estremoz, deverá começar em junho ou julho para ficar concluída até ao final do ano, adiantou o autarca à agência Lusa.

Segundo Francisco Ramos, a requalificação da ala sul do Rossio Marquês de Pombal engloba a zona do mercado de velharias e do mercado tradicional, em frente ao edifício da câmara municipal e à igreja dos Congregados.

A intervenção, de acordo com o presidente do município, pretende “dar outra aparência a este espaço emblemático da cidade”, de forma a se tornar “mais agradável” para a população local e para os visitantes.

“A generalidade da população exigia uma intervenção neste espaço”, lembrou Francisco Ramos, adiantando que a obra “tem de ser célere”, por decorrer na zona do mercado de sábado, no centro da cidade.

O autarca indicou que vão ser alterados os módulos utilizados pelos comerciantes instalados no espaço, sobretudo de artesanato, que atualmente estão a funcionar em “barracas velhas, que do ponto de vista visual são altamente criticáveis”.

A melhoria do piso na zona onde funciona o mercado de velharias e a construção de um novo quiosque e de novos sanitários são outras das ações previstas.

A intervenção está integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano do concelho de Estremoz, no âmbito do Plano de Ação de Reabilitação Urbana, com financiamento de 85% de fundos comunitários, num investimento total que ascende a 900 mil euros.