Encontrado corpo de idoso desaparecido em Borba há cerca de três semanas

O corpo de um homem de 76 anos que estava desaparecido em Borba há cerca de três semanas foi encontrado no sábado junto a uma pedreira de mármore, perto daquela cidade, disse fonte da GNR.

A mesma fonte indicou à agência Lusa que o homem estava desaparecido desde o dia 17 de dezembro, na cidade de Borba tendo o corpo, em adiantado estado de decomposição, sido encontrado no sábado, de manhã, durante as buscas, por uma equipa cinotécnica da GNR.

A fonte da GNR adiantou que “não há suspeita de crime, mas como o corpo estava em adiantado estado de decomposição, por precaução, e por iniciativa do Ministério Público, foi contactada a Polícia Judiciária, que esteve no local” para investigar.

As buscas para encontrar o homem, que decorriam desde o dia do seu desaparecimento, envolveram militares da GNR, com equipas cinotécnicas e bombeiros da corporação de Borba.

O idoso, que vivia com a irmã, em Borba, de acordo com a Guarda Nacional Republicana, terá desaparecido por volta das 21:00 do dia 17 de dezembro.

“A irmã viu-o pela última vez às 16:00 e, à noite, cerca das 21:00, ainda alguém o terá visto numa rua” de Borba, segundo fonte do Comando Territorial de Évora da GNR.

Aquela força de segurança foi alertada para o desaparecimento do homem, reformado e antigo trabalhador da câmara municipal, e iniciou as buscas “logo nessa noite”, disse também a fonte da guarda.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o corpo do homem foi encaminhado, no sábado, à tarde, para o serviço de Medicina Legal do hospital de Évora.