Covid-19: Total de infetados no surto em lar da Misericórdia de Borba sobe para 68

O total de infetados no surto de covid-19 num lar da Santa Casa da Misericórdia de Borba subiu de 37 para 68, entre utentes e funcionários, disse esta segunda-feira à agência Lusa o provedor.

No sábado foram feitos mais testes de despiste do vírus que provoca a doença covid-19 a utentes e funcionários do Lar Humberto Silveira Fernandes, situado na Aldeia Social, da Misericórdia local, tendo os resultados sido recebidos no domingo ao final do dia, o que permitiu detetar mais 26 utentes e cinco funcionárias infetados, explicou o provedor, Rui Bacalhau.

A confirmação dos novos casos fez subir para 68 o total de infetados naquele lar, sendo 59 utentes e nove funcionárias.

A maioria está “assintomática”, alguns têm “sintomas ligeiros” e duas utentes estão internadas no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), “na área de covid-19”, adiantou o responsável.

Segundo Rui Bacalhau, “após a realização de 190 testes, na quarta-feira, a utentes e funcionários dos três lares da Misericórdia situados na Aldeia Social”, os resultados recebidos na sexta-feira indicaram a existência de 37 infetados no lar Humberto Silveira Fernandes.

Nos outros dois lares da instituição, o lar Josefina Silveira Fernandes e o lar Manuel Ramalho, todos os utentes e funcionários apresentaram “resultados negativos” para o novo coronavírus SARS-CoV-2, notou.

No surto no Lar Humberto Silveira Fernandes, o primeiro caso positivo para a SARS-CoV-2 foi o de uma funcionária, de acordo com o provedor.

No boletim epidemiológico, publicado na página do município na rede social Facebook, a Câmara de Borba indicou hoje que existem no concelho 196 casos ativos de infeção com o vírus que provoca a covid-19, segundo dados da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, e um óbito, mas não precisou quais são referentes ao surto.

Segundo o provedor da Misericórdia de Borba, o óbito não está relacionado com o surto.