Covid-19: Aljustrel produz viseiras e separadores de proteção para instituições

Foto: Facebook Associação Buinho

O município, uma associação e uma empresa do concelho de Aljustrel estão a produzir em parceria viseiras e separadores de proteção em falta em várias instituições para combate à covid-19.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o município explica que se associou à Associação Buinho e à empresa Retângulo Vermelho para darem “uma resposta positiva” e produzirem equipamentos necessários “ao combate à covid-19” e que estão “em falta em vários serviços essenciais”.

Segundo a autarquia, a Associação Buinho, que tem sede em Messejana e o único laboratório de fabricação digital existente no Baixo Alentejo, está a produzir viseiras para contribuir para “mitigar” a falta destes equipamentos de proteção individual para profissionais de várias entidades, como hospitais, centros de saúde, bombeiros, forças de segurança e instituições particulares de solidariedade social.

A necessidade de viseiras “já foi confirmada pela Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo” (ULSBA) depois de a Associação Buinho se ter disponibilizado para a ajudar no combate à covid-19, refere o município.