Câmara de Cuba admite 34 funcionários

 

A Câmara de Cuba anunciou ter admitido 34 funcionários, o que vai representar um “investimento” municipal anual a rondar os 300 mil euros.

 

Segundo o município, 13 funcionários foram contratados através de vários concursos públicos e 21 eram colaboradores com vínculos precários e cuja situação laboral foi regularizada ao abrigo do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública.

 

As 34 contratações vão representar para o município “um investimento anual a rondar os 300 mil euros”, refere a autarquia, sublinhando a sua “forte preocupação em investir no capital humano e nas condições de trabalho dos seus colaboradores”.