Belenenses SAD recebido em Grândola pelo presidente do município

O plantel e estrutura do Belenenses SAD, da I Liga portuguesa de futebol, foram recebidos esta quinta-feira pelo presidente da Câmara Municipal de Grândola, local pretendido para a construção de um centro de estágio, com as negociações a decorrerem.

Durante a viagem até ao Algarve, onde os ‘azuis’ vão disputar, esta sexta-feira, um jogo de pré-temporada com o Portimonense, a comitiva almoçou em Grândola, após o presidente do Belenenses SAD, Rui Pedro Soares, ter confirmado, em 19 de agosto, querer construir um centro de estágio “de excelência” e fixar-se no município.

Presente no almoço esteve o presidente da autarquia, António Figueira Mendes, que acolheu e agraciou todos os elementos da comitiva, liderada pelo presidente, pelo treinador Petit e pelo novo ‘capitão’ de equipa, Silvestre Varela.

O Belenenses SAD joga, desde o início da temporada 2018/19, os encontros como visitado no Estádio Nacional, em Oeiras, após o fim do protocolo de utilização do Estádio do Restelo pela SAD, que está afastada do clube desde então e mudou a equipa profissional para a ‘casa emprestada’.

A Codecity, detida por Rui Pedro Soares, comprou 51% da SAD do Belenenses em 2012, mas as duas partes acabaram por entrar em litígio, seguindo-se várias ações em tribunal, com o clube a tentar impedir que a SAD usasse o seu nome e símbolos.

Em 19 de agosto, Rui Pedro Soares revelou que foram identificadas na zona da Comporta, Carvalhal e Melides “condições para poder ter esse centro de estágio”, estando a direção a trabalhar com a autarquia de Grândola no negócio que “agrada” ao município e que coloca uma “vontade muito grande” do Belenenses SAD em concretizá-lo.

“O processo está a decorrer rapidamente e é nosso interesse que tenha uma conclusão feliz e rápida, mas, de facto, ainda não está concluído todo este processo. Não vou colocar um ‘timing’, porque não depende apenas de nós. Comporta, Carvalhal e Melides são marcas turísticas importantes para o nosso país e vão sê-lo cada vez mais. Vamos com certeza fazer algo que valorize também esta zona”, realçou, na altura.

Para a época que se inicia na próxima semana, com a visita do Belenenses SAD ao reduto do Vitória de Guimarães, em 18 de setembro, às 21:15, o Estádio Nacional continua a ser “o plano A”, com o dirigente dos ‘azuis’ a ter sublinhado a intenção de a SAD possuir uma infraestrutura que seja sua, ao invés de trabalhar, durante a época, “em cinco ou seis campos de treino diferentes, que não são de utilização exclusiva e nem sempre estão nas melhores condições”.