Beja consegue escalar médico e urgência de Ginecologia/Obstetrícia não fecha hoje

O Serviço de Urgência de Ginecologia/Obstetrícia do hospital de Beja já não fecha hoje temporariamente, porque foi possível escalar o segundo especialista necessário para assegurar o normal funcionamento, disse à agência Lusa fonte da administração.

Segundo a fonte do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), que gere o hospital de Beja, conseguiu-se “escalar o segundo especialista” e, por isso, “fica sem efeito” o fecho temporário do serviço entre as 18:00 de hoje e as 08:00 de sábado, como tinha sido anteriormente anunciado.

De acordo com informações prestadas anteriormente à Lusa pelo conselho de administração, o fecho do serviço naquele período estava previsto porque não tinha sido possível garantir a presença de um segundo médico especialista necessário na escala.

Devido a dificuldades em garantir a presença de um segundo médico especialista na escala, o conselho de administração já se viu “na indesejada contingência” de ter de fechar temporariamente o serviço por quatro vezes este ano.