Banco de Manuais Escolares de Évora cede mais de 4.000 livros neste ano letivo

 

Mais de quatro mil livros foram cedidos pelo Banco de Manuais Escolares de Évora a alunos do concelho, neste ano letivo, o que “bateu todos os recordes” desde a criação do projeto, em 2012, revelou a câmara.

 

“No atual ano letivo, o Banco de Manuais Escolares recebeu 564 requisições, tendo conseguido dar resposta a 520 delas, disponibilizando aos alunos a estudar numa das escolas do concelho”, no 2.º e 3.º ciclos e secundário, “um total de 4.115 livros”, indicou o município, em comunicado.

 

O projeto, da responsabilidade da câmara e através do qual “se incentiva a partilha de livros escolares do 5.º ao 12.º ano de escolaridade, bateu” assim, segundo a autarquia, “todos os recordes desde que começou a ser implementado no concelho”.

 

O Banco de Manuais Escolares surgiu da “necessidade de apoiar as famílias no início de cada ano escolar face ao esforço financeiro exigido para a aquisição dos manuais escolares dos respetivos educandos”, lembrou o município.

 

Os números do “relatório agora concluído” e divulgado pela câmara dizem respeito “apenas ao período compreendido entre os meses de julho e setembro de 2018”, ou seja, podem vir a ser superiores.