Autarca de Évora quer traçado mais afastado da cidade para ferrovia Sines/Caia

Foto: Câmara Municipal de Évora

 

O presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, exortou o Governo a reconsiderar o traçado mais afastado da cidade para a nova linha ferroviária Sines/Caia por ser o que “menos penaliza a população”.

 

“O impacto da nova ligação ferroviária a ter no concelho de Évora deve ser o mais reduzido possível e afetar o menos possível a população envolvida”, afirmou o autarca alentejano, em declarações à agência Lusa.

 

Pinto de Sá (CDU) falava a propósito de uma tomada de posição do município sobre o traçado junto à cidade da futura linha férrea, aprovada, por unanimidade, na mais recente reunião pública de câmara, reiterando uma decisão já assumida no ano passado.