Alqueva disponibiliza Carta de Aptidão ao Regadio

 

A Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) já tem disponível no seu sítio de Internet uma carta que ajuda agricultores a determinar a aptidão ao regadio dos seus terrenos agrícolas.

 

A EDIA refere que ao disponibilizar a Carta de Aptidão ao Regadio, que resultou de um estudo feito em 2003 pelo então Instituto de Desenvolvimento Rural e Hidráulica, “dá continuidade à disponibilização gratuita de ferramentas de ajuda à decisão para os investimentos agrícolas dos agricultores”.

 

Segundo a EDIA, a carta apresenta a classificação de aptidão ao regadio pelo sistema “United States Bureau of Reclamation” (USBR), que se baseia no princípio de que uma terra para poder ser beneficiada com regadio deve ter a capacidade produtiva que pague os encargos comuns de exploração, desenvolvimento, remuneração do agricultor e água de rega.

 

Desta forma, a classe de aptidão exprime o grau de aptidão ao regadio de uma terra segundo as suas características físicas e químicas e que conduz a um conjunto de resultados económicos que variam entre a melhor, classe 1 ou aptidão elevada e a classe 6 ou inaptidão total.