Acidente na A6 em Elvas terá sido causado por “nevoeiro cerrado” – Bombeiros

 

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Elvas, Tiago Bugio, admitiu hoje que a causa do acidente na A6, entre Caia e Elvas e que envolveu vários camiões e automóveis, possa ter sido a fraca visibilidade devido ao nevoeiro.

 

“Havia fraca visibilidade na altura” do acidente, devido ao “nevoeiro cerrado” na zona entre a fronteira do Caia e a cidade de Elvas, no distrito de Portalegre, disse Tiago Bugio, em declarações à agência Lusa.

 

O acidente, que envolveu um total de cinco veículos pesados de mercadorias e seis viaturas ligeiras, ocorreu ao quilómetro 156 da A6 no sentido fronteira do Caia-Elvas e o alerta foi dado às 07:54.

 

Fontes da GNR e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) disseram à Lusa que o desastre provocou 16 feridos ligeiros, 15 deles de nacionalidade espanhola, entre os 24 e 56 anos.

 

Segundo os dados atualizados do INEM, facultados à Lusa, 13 dos feridos foram assistidos no local, incluindo uma mulher grávida, e “acabaram por recusar transporte” a unidades de saúde, embora o possam ter feito por meios próprios.

 

Os outros três feridos, dois homens de 24 e 26 anos e uma mulher de 29, de nacionalidade espanhola, foram transportados pelos bombeiros para unidades de saúde na cidade vizinha de Badajoz (Espanha), referiu a fonte do INEM.