Notas Musicais
imagem Noticias
imagem Noticias
imagem Noticias
 

Saiba algumas das causas que provocam a queda de cabelo

07-12-2017

Assim que os primeiros fios começam a encher a escova ou o pente, eis que o sinais de alarme começam a toca bem alto. Apesar da perda de cabelo ser um processo natural, a queda excessiva pode ser uma consequência direta da genética... ou dos hábitos diários.

Como mostra a revista Health no seu site, são vários os fatores que interferem com a saúde e força do cabelo, sendo o stress a causa mais comum e grave de queda acentuada dos fios, podendo dar origem a episódios de maior ou menos gravidade. Mas não é apenas o stress físico a pesar nesta equação, também o stress emocional (resultante da incapacidade de lidar com os próprios sentimentos e com os sentimentos do outros em relação a si mesmo) é também uma justificação para a perda de fios.

Apesar de as vitaminas serem parte fundamental da boa saúde capilar, o excesso de vitamina A pode impulsionar a perda de fios, sendo, por isso, importante não exceder as cinco mil unidades internacionais, salvo, claro, recomendação médica em contrário. Mas se a vitamina A em excesso é má, a deficiência de vitaminas do complexo B também o é, diz a publicação, que destaca ainda que o consumo deficiente de proteína, macronutriente fundamental para a boa saúde do cabelo e das unhas, é um outro fator a ter em conta.

Anemia, hipertirodismo, doenças autoimunes e perda dramática de peso são outros fatores que levam à perda de cabelo, tal como a quimioterapia.

A toma de determinados medicamentos - como os antidepressivos ou que têm como finalidade deixar o sangue mais fino - pode também impulsionar esta condição, tal como o excesso de penteados que se fazem no cabelo, incluindo-se aqui os apanhados ou os alisamentos/permanentes.

No caso das mulheres, a gravidez, a síndrome do ovário poliquístico e a toma de pílulas contracetivas são também causas a ter em conta. Já no caso dos homens, a calvície pode mesmo ser o resultado da combinação 'explosiva' de hormonas.

Como muitas pessoas já sabem, a perda de cabelo pode ser também hereditária, não escolhendo, por isso, uma idade para atacar.

AntenaSul com NoticiasAoMinuto